Pregue, e se for preciso, use palavras. (Agostinho)

quinta-feira, 27 de março de 2008

A Igreja: sua natureza e missão - por Cineide Machado Coelho


A Igreja existe como ambiente para manifestação da Graça de Deus. Enquanto adora, glorifica a Deus exercendo a primordial função que lhe foi atribuída.
E ela se realiza.
Enquanto na Terra, ela vive para adorar a Deus, testemunhando de Suas maravilhas no serviço ao próximo. Porque na sua imensurável bondade, Deus providenciou para que o homem pudesse ter esperança e pudesse ser recebido como filho no Seu Reino e providenciou para que os recursos necessários ao aperfeiçoamento humano se tornassem realidade.
E isto nos diz de Jesus.
E isto nos diz do Espírito Santo.
Ao refletir sobre a Igreja na Terra, descobrimos que sua história remonta a pelo menos 4000 anos, até os tempos de Abraão.
Um dia, depois de preparar o ambiente adequado, Deus chamou a Abrão para, dele, formar o seu povo e cumprir seu propósito para com a humanidade: trazer a redenção a todos os povos do mundo.
Podemos dizer com John Schwarz que "o relato bíblico da salvação da Humanidade não começa com o nascimento de Jesus em Belém da Judéia, e sim com o chamado de Abraão - o fundador de Israel - em Harâ" .
No chamado a Abraão temos a eleição de Israel como povo de Deus.
"Essa é a razão porque provém da fé, para que seja segundo a graça, a fim de que seja firme a promessa para toda a descendência, não somente ao que está no regime da lei, mas também ao que é da fé que teve Abraão (porque Abraão é Pai de todos nós, como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí.)" .
Ao lermos a carta de Pedro e descobrirmos, lá no capítulo 2 versos 9 e 10, a exortação preciosa: "Vós, porém, sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo de propriedade exclusiva de Deus, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; vós, que em outros tempos não éreis povo, mas agora sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes misericórdia..." somos levados a refletir um pouco mais sobre o propósito deste chamado e compreendemos que o Senhor, em sua maravilhosa Graça, decidira salvar o homem, e seus propósitos não seriam frustrados. Ali, em Harâ, Deus chamou Abrão, o tornou Abraão e fez, com ele, a aliança... Em Abraão seriam benditas todas as nações da terra.
E nós somos resultados desta aliança.
Abençoados por Deus, recebemos a incumbência de continuar a missão. Somos "um povo cuja missão é levar o amor do Senhor, seu perdão e sua salvação a todas as nações" .
Levar aos povos as maravilhas do Senhor.
Aliança... Uma palavra que diz do relacionamento entre Deus e seu povo.Fala dos grandes privilégios a nós concedidos e dos deveres que temos para com nosso Soberano Deus. Fala da nossa aceitação e disposição para vivermos essa Graça Maravilhosa reconhecendo, em Jesus, o nosso Senhor e Salvador, aquele por meio de quem poderemos nos reconciliar com Deus e com o nosso próximo.
E quando falamos de reconciliação com Deus e com o próximo, realmente não encontramos nada mais, nada menos, que relacionamento!Igreja!
Fica bem claro para nós:
Interdependência
Graça
Redenção
Esperança
Justiça
Amor
Interdependência pela Graça na Redenção para a Esperança com Justiça e Amor.
Isto é Igreja.
Deus, o homem e o próximo.
Eu e o Outro. Em Deus, com o outro.
Dependência recíproca.
Interdependência.
Oportunidade imensurável concedida ao homem para que expresse sua gratidão a Deus e vivencie concretamente sua compreensão da Soberania divina... (continua...)
Quer se deliciar um pouco mais?
Então acesse:

2 comentários:

Dumuro disse...

SECURITY CENTER: See Please Here

Shakadal disse...

Attention! See Please Here

Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template